| Mídias, Notícias | Grupo RBS e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho lançam Prêmio RBS de Educação

Professores e educadores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina podem concorrer ao Prêmio RBS de Educação com projetos relacionados à mediação de leitura

O Grupo RBS e a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho lançaram nesta segunda-feira (13) o Prêmio RBS de Educação — Para Entender o Mundo. Voltado à valorização de boas práticas, a iniciativa premiará ações de educadores e professores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina que trabalham com mediação de leitura em diferentes áreas do conhecimento.

– Um dos valores da RBS é o desenvolvimento coletivo, porque nos sentimos comprometidos com as comunidades em que atuamos. Este prêmio está alinhado à nossa responsabilidade empresarial, à nossa preocupação como empresa com o desenvolvimento da sociedade – afirma o presidente-executivo do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer.

Considerando problemas históricos de analfabetismo do país – evidenciados, por exemplo, pelo Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) –, o Grupo RBS e a FMSS, com o apoio técnico do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), vão destacar projetos que estimulam e valorizam a importância da leitura. Reconhecer práticas que instigam a compreensão de textos é fundamental para o desenvolvimento do Ensino Básico no Brasil e, neste sentido, a tarefa do mediador é auxiliar o leitor a estreitar seu contato com a palavra escrita, buscando formas de entendê-la e interpretá-la.

Com o intuito de provocar a reflexão, bem como incitar ações concretas de transformação, o Prêmio RBS de Educação – Para Entender o Mundo abre espaço para iniciativas de professores de escolas públicas ou privadas e para projetos comunitários (de organizações da sociedade civil, órgãos públicos e comunidade). Podem participar professores de todas as disciplinas e educadores em geral.

– A RBS está comprometida com a causa da educação, com iniciativas objetivas que visem ao aperfeiçoamento e ao avanço da educação no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Neste contexto é que lançamos o Prêmio RBS de Educação, iniciativa que pretendemos realizar todos os anos, mostrando exemplos de boas práticas e provocando a mobilização da comunidade para este avanço, que é do interesse da nossa sociedade – afirma o presidente do Conselho de Administração do Grupo RBS, Nelson Sirotsky.

O Prêmio nos veículos do Grupo RBS

O lançamento do Prêmio RBS de Educação ocorreu durante edição especial do Jornal do Almoço transmitido pela RBS TV nesta segunda-feira, dando a largada para o período de inscrições, que vai até o dia 14 de julho. Especialistas em educação e personalidades da área foram convidados para prestigiar e participar do lançamento diretamente dos estúdios da RBS TV no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

No RS, as emissoras de Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul e Santa Maria e, em SC, as emissoras de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Joinville e Lages participaram ao vivo com entrevistas de convidados presentes no estúdio.  participaram ao vivo com entrevistas de convidados presentes no estúdio. Os jornais do Grupo RBS nos dois Estados noticiaram o lançamento em primeira mão na edição desta segunda-feira. Mais detalhes sobre o prêmio podem ser conferidos na cobertura jornalística dos veículos ao longo da semana.

A campanha “A Educação Precisa de Respostas”

Em 2012, o Grupo RBS e a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho lançaram a campanha “A Educação Precisa de Respostas”. O Prêmio se integra a este trabalho e será uma das principais ações deste ano relacionadas ao tema educação. As iniciativas têm o propósito de compartilhar com cada cidadão e com a sociedade a responsabilidade de todos diante dos problemas enfrentados pelo país na área da educação. A bandeira do Grupo RBS e da FMSS defende que só o acesso a um ensino de qualidade garante aos jovens condições justas para aproveitar plenamente as oportunidades geradas pelo desenvolvimento do Brasil.

Como participar do Prêmio RBS de Educação

Os interessados devem acessar o regulamento do Prêmio RBS de Educação – Para Entender o Mundo no site www.premiorbsdeeducacao.com.br e fazer a inscrição – disponível exclusivamente online – nas categorias: professor de escola pública, professor de escola privada e projeto comunitário. O mesmo candidato pode se inscrever em mais de uma categoria. Para concorrer, é necessário elaborar um relato que tenha como tema as práticas de ensino de leitura. O prazo para inscrição é de 13 de maio a 14 de julho.

O envio do relato de experiência, que pode ser feito apenas pelos previamente inscritos, deve ser postado no site do prêmio até 10 de agosto. Após avaliação dos relatos, a Comissão Julgadora, formada por especialistas em mediação de leitura, elegerá três finalistas em cada uma das categorias, nos dois Estados. Selecionados os finalistas, a Comissão escolherá os premiados em cada categoria.

Será produzido um documentário com cada um dos finalistas, contando a experiência vivida por eles. Esses vídeos estarão disponíveis no site do prêmio, e serão o objeto de julgamento do Júri Popular, que poderá selecionar dois projetos — um do Rio Grande do Sul e um de Santa Catarina. No total, Rio Grande do Sul e Santa Catarina terão 18 finalistas e 8 vencedores — nove finalistas e quatro vencedores em cada Estado —, sendo que seis dos premiados serão eleitos pela Comissão Julgadora. O prêmio distribuirá um total de R$ 155 mil entre os vencedores e as escolas ou entidades a que estão vinculados.

Serviço

Prêmio RBS de Educação – Para Entender o Mundo

Tema: Mediação de leitura

Quem pode participar: Educadores e professores de Educação Básica que estejam lecionando em 2013, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

Inscrições: de 13/05 a 14/07 no site www.premiorbsdeeducacao.com.br, onde também está o regulamento

Publicado em 13/05/13, às 17:19